PF cumpre mandados no Rio, São Paulo e DF em nova fase da Lava Jato


Da Redação: Correio 24h
Na manhã desta sexta-feira (26), a Polícia Federal deflagrou mais uma fase da Operação Lava Jato, autorizada pelo juiz Sérgio Moro e está desde às 6h nas ruas do Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília. Até o momento, duas pessoas foram presas e outras duas foram levadas para prestar depoimento no Rio.
41ª fase da Java Jato, a operação foi batizada de Poço Seco, e cumpre 13 mandados judiciais ao todo. São oito de busca e apreensão, três de condução coercitiva, um de prisão preventiva e outro mandado de prisão temporária.
A operação tem como alvo operações financeiras realizadas a partir da aquisição de direitos de exploração de petróleo em Benin, na África, feita pela Petrobras. O objetivo seria disponibilizar recursos para o pagamento de vantagens indevidas a ex-gerente da área de negócios internacionais da empresa. No Rio, a PF está em busca de um empresário que teria ligações com a Petrobras. 
Em março deste ano, o juiz federal Sérgio Moro condenou o ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ) por crimes de corrupção, de lavagem e de evasão fraudulenta de divisas, a 15 anos e 4 meses de prisão em ação penal sobre propinas na compra do campo petrolífero de Benin, pela Petrobras, em 2011.
O nome desta nova fase é uma referência aos resultados negativos do investimento realizado pela Petrobras na aquisição de direitos de exploração de poços de petróleo em Benin.

Os investigados vão responder pelos crimes de lavagem de dinheiro, fraude em licitações, evasão de divisas e corrupção, e os presos serão levados para a Superintendência da Polícia Federal em Curitiba.
Compartilhar no Google Plus

Sobre WEB INTERATIVA

DEIXE SEU RECADO