Homem se entrega à polícia após matar e enterrar inquilino em Petrolina


Fonte: Pretonobranco
Segundo informações da polícia, um homem identificado como Cicero Rogério Santos Oliveira, de 33 anos, foi até a delegacia do bairro Ouro Preto, em Petrolina-PE, confessar que tinha matado e enterrado seu inquilino no quintal da sua residência. O fato aconteceu ontem (04).
Cícero trabalhava como pedreiro e declarou que matou a vítima, que tinha um quarto alugado na casa do suspeito, porque ele teria abusado sexualmente de sua mãe, que é deficiente física. O crime aconteceu no dia 27/05, na Rua da Chesf, no bairro José e Maria.
De acordo com a polícia, Cícero relatou que saiu com a mulher e quando voltou encontrou a vítima dentro do quarto da idosa, que não anda e nem fala. Ainda de acordo com o depoimento, apesar do inquilino dizer que entrou no cômodo por ter ouvido um barulho, o pedreiro desconfiou do abuso sexual.
Cícero informou ainda que os dois tiveram uma discussão e durante a briga ele pegou um pedaço de pau e deu três pauladas na cabeça da vítima e que depois do crime ficou pensando em o que fazer com o corpo e resolveu enterrar no quintal, onde tinha um buraco de um pé de mamão. Ele declarou que aumentou a cova e enterrou o inquilino.
Após o crime, o autor fugiu junto com a mãe para a cidade de Lagoa Grande-BA, a procura de um lugar para deixar a genitora, porque ele queria se apresentar na delegacia.
Cicero foi ao local do crime juntamente com equipes do IC e IML, e mostrou onde o corpo estava enterrado. O corpo estava em estágio avançado de decomposição.

Ainda de acordo com a polícia, o pedreiro não mostrou arrependimento pelo crime em nenhum momento. A prisão temporária do investigado foi decreta no plantão judiciário e o mesmo foi encaminhado para Penitenciaria de Petrolina.
Compartilhar no Google Plus

Sobre WEB INTERATIVA

DEIXE SEU RECADO