Comunidades ribeirinhas de Ponto Novo, Filadélfia, Itiúba e Queimadas realizaram terceiro protesto na Barragem de Ponto Novo

Foto: Reprodução/Brau Santos
Representantes das comunidades ribeirinhas do Rio Itapicuru Açu dos municípios de Ponto Novo, Filadélfia, Itiúba e Queimadas, estão realizando o terceiro protesto na Barragem de Ponto Novo, nos últimos 30 dias. As reivindicações são para liberar água no Rio para atender exclusivamente aos consumos humanos e animais. Os sistemas simplificados de abastecimento que estão sem água para captação, atendem mais de 1500 famílias além de diversas outras unidades rurais.

Foto: Reprodução/Brau Santos

 As informações são de que os rios que alimentam as Barragens de Pindobaçu e Ponto Novo estão correndo e que a primeira está com 80% e a segunda com 30% da capacidade não havendo, portanto, qualquer justificativa para submeter às populações destes 4 municípios a este nível de calamidade, além de não manter a vazão ecológica, cometendo grave crime ambiental de matar o rio a fauna e a flora local. Veja as fotos a seguir.

Foto: Leitor da Web Interativa

Foto: Leitor da Web Interativa

Foto: Leitor da Web Interativa

Compartilhar no Google Plus

Sobre WEB INTERATIVA

DEIXE SEU RECADO