Jovem morre eletrocutada por microfone durante culto em igreja evangélica no Maranhão


Redação Varela Notícias
redacao@varelanoticias.com.br


No domingo (30), uma jovem evangélica, de 28 anos, morreu eletrocutada enquanto participava de um culto. A mulher foi chamada para fazer uso da palavra, e ao tocar o microfone recebeu uma descarga elétrica que ocasionou a sua morte. A jovem era professora, casada e mãe de um filho. A vítima frequentava a Igreja Adventista do Sétimo do Dia, na pequena cidade de Junco do Maranhão, localizada no Oeste maranhense, a 474 quilômetros de São Luís. A professora foi socorrida e encaminhada ao hospital da cidade, mas chegou ao local sem vida. Segundo especialistas, a falha no aterramento dos equipamentos de áudio, ou a falta de aterramento, são as causas de descargas elétricas em microfones como a que provocou a morte da jovem.
Compartilhar no Google Plus

Sobre WEB INTERATIVA

DEIXE SEU RECADO