Desemprego cai, mas Brasil ainda tem 13,1 milhões sem trabalho

Foto: iStok
Fonte: Metrópoles

A taxa de desemprego no Brasil ficou em 12,6% no trimestre encerrado em agosto deste ano. O número foi divulgado nesta sexta-feira (29/9) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A quantidade de brasileiros desempregados é de 13,1 milhões, queda de 4,8% (menos 658 mil pessoas) em relação ao trimestre anterior.
Já o número de pessoas com alguma ocupação, seja ela formal ou não, é de 91,1 milhões. Os brasileiros com carteira assinada somam 33,4 milhões. Na informalidade — trabalhadores sem carteira assinada –, o número aumentou 2,7% em comparação com o último trimestre, e chega a 10,8 milhões de pessoas.
Seguindo a tendência, os trabalhadores que decidem atuar por conta própria, como pequenos empreendedores, vendedores e outras funções, também aumentaram e são hoje 22,8 milhões de pessoas. Em relação ao mesmo período de 2017, houve alta de 2,8%.
Salários
O rendimento médio no trimestre que engloba os meses de junho, julho e agosto manteve-se estável, média de R$ 2.105. No mesmo trimestre em 2016, a renda média era de R$ 2.116.
A massa de rendimento recebido em todos os trabalhos pelas pessoas ocupadas foi estimada, para o trimestre móvel de junho a agosto de 2017, em R$ 186,7 bilhões.
Compartilhar no Google Plus

Sobre WEB INTERATIVA

DEIXE SEU RECADO