Pesquisadora baiana se prepara para apresentar trabalho em Portugal


Fonte: Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação

Utilizar dispositivos digitais móveis, como tablets, celulares e notebooks no ambiente escolar. Esse foi o gancho utilizado pela pesquisadora baiana Eunice Santos para produzir sua pesquisa, que tem como tema “As políticas de Informação Digital adotadas nas Escolas Públicas no Nordeste”. Em agosto, o projeto se destacou como o único da Bahia apresentado no VII Seminário em Ciência da Informação (SECIN), da Universidade Estadual de Londrina, no Paraná. Agora, ela se prepara para levar a proposta para o  XV Congresso IBERCOM - Encontro de Comunicação Ibero-Americana , na Universidade Católica Portuguesa (UCP), em Portugal.
Apoiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa da Bahia (Fapesb), o trabalho desenvolvido pela baiana mostra que escolas do Nordeste estão adotando como metodologia o uso de dispositivos móveis nas salas de aula. "Isso facilita o acesso à informação com a exposição dos assuntos, auxilia na aprendizagem e no conhecimento dentro das escolas, além de despertar o interesse dos alunos", explica Eunice.


Segundo ela, a pesquisa identificou uma escola pública de ensino médio, em Fortaleza, no Ceará, que pode servir de exemplo por possuir uma política de informação digital na adoção dos dispositivos móveis em sala de aula. Além disso, a escola foi convidada pela Tecnologia/Google for Education para apresentar sua experiência nas secretarias de Educação dos estados de Sergipe e Mato Grosso. Com a possibilidade de colocar a pesquisa num cenário internacional, ela se empolga. "A gente precisa mostrar para o mundo o que está sendo produzido na Bahia", afirma.
Compartilhar no Google Plus

Sobre WEB INTERATIVA

DEIXE SEU RECADO