Em entrevista, Nel Maia fala sobre processo seletivo, IPPN e a polêmica do "lixo" em Ponto Novo


Em entrevista no programa jornalístico Itapicuru Notícias na Rádio Itapicuru FM 104.9, o vereador Nel Maia fez um balanço deste ano na Câmara Municipal de vereadores de Ponto Novo, falando sobre suas indicações e diversos assuntos relativos ao município.
Entre os assuntos abordados, o vereador falou sobre o processo seletivo que acontecerá em Ponto Novo "Se eu não votasse a favor desse projeto eu iria ser criticado, pois iriam dizer que eu não queria gerar emprego, e que eu estaria perseguindo a gestão".
Segundo o Nel Maia serão três pessoas que serão escolhidas, as mesmas devem exercerem cargo no município para avaliar os candidatos pela nota da prova e Curriculum.
O vereador falou sobre a polêmica do "lixo" fazendo grave acusação da contratação de empresa responsável pela coleta de lixo. Segundo o edil na gestão passada, uma empresa recebia R$ 87.000,00 mensais, na atual gestão pelo mesmo serviço o contrato é de R$ 169.000,00, questionado sobre o assunto e que providências ele tomou ou iria tomar para investigar esta situação, o vereador disse " Vou tomar conhecimento melhor para no ano que vem tomar alguma iniciativa em algumas coisas aí".
O edil ainda disse que na folha de pagamento de outubro deste ano o chefe de gabinete com as gratificações recebeu R$ 5.000 enquanto na gestão passada e recebia pouco mais de R$ 1.000.

Sobre o Instituto de Previdência de Ponto Novo (IPPN), segundo o mesmo já chega a quase R$20 milhões a dívida, mas que o atual gestor vem fazendo a sua parte. "Da atual a gestão o atual gestor vem fazendo sua parte".
Compartilhar no Google Plus

Sobre WEB INTERATIVA

DEIXE SEU RECADO