Taxista é preso com farda da PM e diz que usava roupa para 'seduzir mulheres'

Foto: Divulgação/Polícia Militar

Fonte: Correio24h

Um taxista foi preso com um fardamento da Polícia Militar em Salvador. O inusitado da história é que ele contou, ao ser abordado, que iria usar a roupa como fantasia para seduzir mulheres. 
Danilo Almeida Paixão, 28 anos, foi abordado no Terreiro de Jesus, no Pelourinho, nesta quarta-feira (17), e levado para a Delegacia do Turista (Deltur). O taxista tinha mandado de prisão em aberto por receptação e extorsão mediante sequestro, onde ele se passava por um policial militar.
A farda estava escondida no porta-malas. O uniforme, composto por uma camisa preta bordada com o nome de Danilo, calça caqui, um par de coturnos e camisa da Stelecom.
Além do fardamento, Danilo também guardava um rádio comunicador, coldre e uma faca. Ele contou à polícia que a farda foi dada por um policial aposentado.

Ele foi autuado por uso de documento falso, falsificação de símbolos identificadores de orgãos da administração pública e usurpação de função pública. O taxista está à disposição da Justiça.
Compartilhar no Google Plus

Sobre WEB INTERATIVA

DEIXE SEU RECADO