Agricultores continuam se reunindo para discutir o retorno do projeto de Irrigação de Ponto Novo


Redação: Web Interativa
redacao@interativapn.com

Na tarde desta quarta-feira, (23/5), agricultores voltaram a se reunir na sede do Distrito de Irrigação para debater a situação do projeto de irrigação de Ponto Novo. O encontro contou com a participação do presidente da associação dos reassentados - Edson Lopes, o Conselho de Administração do Distrito e o gerente do Distrito de Irrigação – Eleilson Gama.

 Mesmo com várias incógnitas, a maioria dos agricultores demonstram muita esperança na volta da irrigação, já que o governador se comprometeu várias vezes que irá reativar o projeto, além das barragens de Pindobaçu e Ponto Novo estarem com 100% de suas capacidades de armazenamento.

Há 1 ano e 3 meses do projeto com as atividades de Irrigação paralisadas, os pequenos agricultores familiares reclamam, pois foi esquecido que eles foram retirados de suas origens para implantação da barragem.

O Perímetro Irrigado de Ponto Novo possuía uma área irrigável de 2,5 mil hectares, sendo que atualmente estavam em produção 1,2 hectares, com culturas permanentes e temporárias, predominando a banana. Desse total, 725 hectares eram explorados por agricultores familiares em 145 lotes de cinco hectares e 526 eram cultivados por empresários, o que gerava 2.600 empregos diretos e 3.900 empregos indiretos, favorecendo o aspecto socioeconômico do município e do território de identidade Piemonte Norte do Itapicuru.




Compartilhar no Google Plus

Sobre WEB INTERATIVA

DEIXE SEU RECADO