Após 33 anos, aposentada descobre que ex registrou filha com outra em seu nome


A Tarde

Uma aposentada descobriu que o ex-marido registrou no nome dela a filha que ele teve com a amante. E ela só descobriu o fato 33 anos depois do nascimento da menina.

A mulher não morava mais com o ex-marido, mas não tinha registrado a separação. Com isso, ele usou a certidão de casamento deles para registrar a criança.

A aposentada, que teve duas filhas com o ex, descobriu o problema por acaso. Ela conta que uma pessoa desconhecida comentou que tinha uma amiga que era sua filha. A mulher achou estranho e desconfiou quando a suposta filha solicitou a amizade dela na rede social.

Por achar que era um golpe, a aposentada procurou a delegacia de Águas Lindas de Goiás, onde mora. No local, os policiais descobriram que ela tinha três filhas registradas.

A mulher chegou a procurar a suposta filha, mas não conseguiu contato. Então, solicitou ajuda da Defensoria Pública para entrar na justiça e retirar o nome dela da certidão.


Compartilhar no Google Plus

Sobre Donato Costa

DEIXE SEU RECADO