A situação dramática dos agricultores do projeto de Irrigação de Ponto Novo

Redação: Web Interativa
redacao@interativapn.com


O dia 21 de fevereiro de 2017 ficará marcado na história da cidade de Ponto Novo e toda região norte da Bahia, nesta data a irrigação do Distrito de Irrigação foi suspensa pelo Governo do Estado da Bahia.

Com um ano e quatro meses das atividades de irrigação suspensas, os prejuízos dos produtores chegam a 100% em todas as produções, além do desemprego, populares são obrigados a deixar a cidade em busca de melhores condições, as famílias de alguns agricultores já passam dificuldades para garantir a própria alimentação.


Mesmo com várias incógnitas, as maiorias dos agricultores demonstram muita esperança na volta da irrigação, o governador se comprometeu várias vezes que irá reativar o projeto, porém não estipulou data, as barragens de Pindobaçu e Ponto Novo estão com 100% de suas capacidades de armazenamento.

O projeto gerava 2.600 empregos diretos e 3.900 empregos indiretos, favorecendo o aspecto socioeconômico do município e do território de identidade Piemonte Norte do Itapicuru.



A ampliação da barragem pelos fusegates está pronta e isto aumentou a capacidade de armazenando de água na barragem de Ponto Novo, está obra foi financiada pelo FIDA - Fundo Internacional do Desenvolvimento da Agricultura, através do programa pró-semiárido que financia apenas atividades voltadas para o fomento da produção, não financiando obra para abastecimento humano.


Barragem de Ponto Novo - Foto : Romilson Almeida
Compartilhar no Google Plus

Sobre WEB INTERATIVA

DEIXE SEU RECADO