Correios deixaram de entregar 85 milhões de objetos durante greve dos caminhoneiros

Foto: Arquivo/Agência Brasil
Redação: Varela Notícias


A paralisação dos caminheiros deu um prejuízo em 85 milhões de entregas não realizadas pelos Correios, em função dos bloqueios nas estradas ou pela falta de combustível durante os dias de greve. Segundo informações divulgadas pela assessoria da empresa, em dias normais, a empresa entrega aproximadamente 25 milhões de objetos diariamente.
Os serviços com dia e hora marcados (Sedex 10, Sedex 12, Sedex Hoje, Disque Coleta e Logística Reversa Domiciliária) permanecem  suspensos temporariamente. Encomendas como o Sedex convencional e o PAC foram mantidos e tiveram apenas o prazo de entrega ampliado.

Conforme assessoria dos Correios, está sendo feita uma operação intensiva para regularizar as operações e normalizar todos os serviços. Neste sábado (2), foram realizados mutirões nas unidades que receberam carga para distribuição. A estimativa é de que em aproximadamente 15 dias as entregas estejam normalizadas.

Compartilhar no Google Plus

Sobre WEB INTERATIVA

DEIXE SEU RECADO