Documento Nacional de Identificação substituirá RG e CPF ainda este ano

Divulgação
Agência o Globo


O novo Documento Nacional de Identificação (DNI), que vai substituir vários documentos de identificação pessoal, para reunir de forma online as informações do cidadão, está em fase de testes e será disponibilizado para o público em geral ainda no início desse semestre. O novo documento digital será emitido pelos Correios e reunirá dados da identidade (RG), do CPF, do título de eleitor e da Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

A fase-piloto (teste) da emissão do DNI ocorrerá apenas na agência central dos Correios em Brasília, e será destinado somente aos empregados da empresa. O início do piloto, que terá duração de 30 dias, está previsto para a próxima semana.
Após esta fase, será definido o cronograma de implantação do serviço. Conforme informou os Correios, não haverá recebimento de documentos físicos nas agências de atendimento. Para ter acesso ao DNI, o cidadão precisa ter o registro biométrico no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ou seja, precisa ter a digital cadastrada no título de eleitor, e o aplicativo instalado em smartphone para realização de um pré-cadastro.

O atendimento nas agências dos Correios é para validação dos dados já registrados no TSE. Após essa fase, o documento fica disponível no ato do atendimento, mediante chave de acesso utilizada no aplicativo.

Compartilhar no Google Plus

Sobre WEB INTERATIVA

DEIXE SEU RECADO