Emagreça com saúde: confira os 5 mandamentos para quem quer um corpo definido

Foto: Reprodução
Lívia Oliveira


Reduzir medidas e definir o corpo é um desafio para a maioria das pessoas, mas perder peso não precisa ser uma dor de cabeça. É possível alcançar os objetivos esperados sem recorrer a dietas loucas ou excesso de exercícios físicos, tudo precisa ser feito com moderação. Para te ajudar nesse processo, o iBahia separou as melhores dicas de especialistas em nutrição.

Confira:

1. Alerta modinhas

Não existe fórmula mágica para emagrecer. De acordo com o nutricionista Haroldo Lordello, seguir dietas compartilhadas na internet pode ser extremamente prejudicial ao organismo. Dietas com apenas um tipo de alimento não vai dar ao corpo a quantidade adequada de nutrientes. O ideal é procurar um nutricionista para direcionar seu cardápio alimentar conforme seu objetivo e as necessidades do seu corpo. Lembre-se  sempre nada em excesso presta.

2. Atenção ao cardápio diário 

Para conseguir ganhar massa magra, você precisa balancear a quantidade de nutrientes diariamente. "Uma refeição saudável durante o dia todo, não só a noite, com certeza isso vai proporcionar o emagrecimento tão sonhado e o ganho de músculo esperado durante o processo de treino", explicou a nutricionista Priscilla Lima.

Especialistas indicam que você deve priorizar a proteína magra, o carboidrato de baixo índice glicêmico (IG) e as gorduras boas em todas as refeições, pois essa combinação reduz a carga glicêmica da alimentação e faz com que ela engorde menos e sacie mais. Vale ressaltar que você deve comer pelo menos a cada três horas. 
3. Pré e pós-treino 

Camila Castello, nutricionista da Equilibrium e consultora da Adria, alerta que é preciso ter atenção na escolha dos alimentos antes de ir treinar e depois. "O pré-treino deve ser ingerido 1h ou 45 minutos antes de praticar atividade física. Opte por combinações de alimentos integrais e frutas", pontuou.

Além disso, você  pode consumir termogênicos naturais antes do treino, como banana amassada com canela ou farinha de gengibre.  Eles ajudam a aumentar a temperatura corporal, aceleram o metabolismo e ainda auxiliam na queima de gordura.

Outra opção é consumir whey protein – proteína isolada do soro do leite, livre de gordura e de fácil absorção – junto com a batata-doce ou a mandioca (pode ser qualquer outro  carboidrato de baixo IG).

Terminou a atividade física? Você precisa repor as energias gastas consumindo principalmente proteínas, que ajudam na síntese proteica para reconstrução e definição  do músculo. Camila indica o ingerir produtos com fibras, porque eles ajudam a manter por mais tempo a sensação de saciedade e reduz a velocidade da absorção da glicose, ou seja, vai demorar mais a liberação de energia. Essa refeição pós-treino deve ser consumida no máximo após uma hora depois da atividade.

4 - Não faça de jeito nenhum

Você deve evitar se estressar, dormir mal ou pouco e comer muito rápido. O humor interfere no desempenho durante o treino e nos resultados, sentimentos como a raiva e a frustração impactam de forma negativa na capacidade de coordenação motora e concentração.

No momento da refeição, esqueça de tudo. Se concentre no alimento e na mastigação, pois isso ajuda a controlar a fome.  Com relação ao sono, o ideal é dormir entre sete horas e meia a oito horas pode dia, o corpo precisa do descanso noturno para que os hormônios chaves da fome (o grelina e o leptina) fiquem regulados, eles são responsáveis pelo aumento e inibição do apetite respectivamente.

Vale lembrar que você também não pode esquecer de beber água, pelo menos dois litros por dia.

5 - Esqueça a expressão dia do lixo

Não adianta nada comer bem a semana inteira e no fim de semana comer besteiras compulsivamente. A nutricionista Camila Castello explicou que comer de forma errada durante um dia ou dois provoca um desequilíbrio nutricional, o que pode tirar o efeito da dieta da semana e do ganho com a atividade física. Sem falar que seu metabolismo vai precisar trabalhar muito mais para gastar o excesso de calorias ingeridas.
*Sob supervisão da repórter Isadora Sodré

Compartilhar no Google Plus

Sobre WEB INTERATIVA

DEIXE SEU RECADO