Estudo diz que vinho pode prevenir resfriados: veja cinco boas opções

iStok
André Rochadel/Metrópoles

Andrea Braakhuis, pesquisadora de nutrição na Universidade de Auckland, concluiu que os flavonoides, substâncias encontrada nos vinhos, podem diminuir a incidência de doenças respiratórias.
A cientista notou que consumir flavonoides reduz o risco de infecções respiratórias em um terço. A média de consumo dessas substâncias na sociedade ocidental é de 1 grama por dia, enquanto o ideal seria 1,2 grama – a quantidade de flavonoides em uma taça de vinho tinto.
Para deixar a experiência mais proveitosa, selecionamos cinco vinhos tintos de menos de R$ 40 para você degustar e melhorar a saúde!


Confira:

Compartilhar no Google Plus

Sobre WEB INTERATIVA

DEIXE SEU RECADO