Passeio trágico: Crianças ficam com carrapatos após visita zoológico

Foto: Reprodução

Agência O Globo

Pais de alunos da colônia de férias do Colégio Coc Jardim Botânico foram pegos de surpresa na volta das crianças a uma visita ao Zoológico de Brasília, no Distrito Federal. De acordo com relatos de pais de alunos e da própria escola, após o passeio as crianças voltaram infestadas de carrapatos escondidos por diversas partes do corpo.

Na quarta-feira, as crianças foram levadas ao zoo para uma visita e um pequenique no local. No entanto, de acordo com a diretora da escola, Wilma Matos, após a visita, ela recebeu mensagens de pais que encontraram carrapatos nas crianças.



— Algumas mães entregaram em contato comigo; relataram que encontraram carrapatos nas crianças e até mesmo nas próprias mães! Entramos em contato com o Zoológico de Brasília e enviamos um comunicado para informar sobre o que realmente aconteceu — contou Wilma.

Em um comunicado enviado aos pais dos alunos, a escola diz que "infelizmente, algumas crianças voltaram para casa com carrapatos escondidos pelo corpo" após a visita, e pediu que os pais e responsáveis pelas crianças que participaram da visita procurem em seus filhos qualquer sinal que possa ser algum carrapato escondidos pelas dobras da pele.

"Como são parasitas muito pequenos, podem passar despercebidos por um tempo. Por isso, a Equipe COC pede a todos os pais e/ou responsáveis das crianças que foram ao passeio para que revisem seu corpo e o dos seus filhos - carrapato gosta de grudar nas dobras da pele, mas, pode também ficar alojado em qualquer lugar. Procurem, especialmente, as pernas e dobras na virilha. Se encontrarem algum ponto negro, olhem bem, pode ser um carrapatinho agarrado", escreveu o colégio.

Uma das mães, Celene Gandara, de 37 anos, contou que a filha dela foi uma das crianças que voltaram com carrapatos para casa.



— Ela voltou com carrapato. Muitos pais relataram o ocorrido. Nossa maior preocupação é por ser um período de ferias, onde muitas famílias visitam o zoo. Até o momento não precisei medicar minha filha. Estou observando, caso ocorra febre ou outro sintoma vou levar ao hospital. Apenas retirei o carrapato coloquei no álcool e depois joguei no vaso sanitário — relatou Celene.

O Zoológico de Brasília ainda não enviou um posicionamento sobre o caso.

Compartilhar no Google Plus

Sobre WEB INTERATIVA

DEIXE SEU RECADO