Estudo revela nova forma de estimular e dar mais prazer as mulheres



Pesquisadores da Universidade de Michigan nos Estados Unidos revelaram que tratamentos de neuromodulação para disfunção da bexiga também influenciam positivamente as funções sexuais das mulheres.

De acordo com o site Womens Health Brasil, a estimulação acontece em um ponto próximo ao nervo tibial, encontrado no tornozelo. Apesar de os pesquiadores ainda não saberem ao certo como e porque isso acontece, eles acreditam que exista uma interação entre os nervos de ambas as áreas.

O estudo foi realizado inicialmente em ratos, com estímulos nos nervos do tornozelo e das regiões genitais. Após 15 a 30 minutos, houve um aumento significativo no fluxo sanguíneo vaginal, aumentando a sensibilidade da região.

Com isso, os pesquisadores também realizaram a terapia com nove mulheres que se submeteram a 12 sessões de meia hora de estímulo. O resultado foi que oito delas relataram uma excitação mais intensa, melhora na lubrificação vaginal ou capacidade de atingir novamente o orgasmo.

Informações do site Womens Health Brasil
Compartilhar no Google Plus

Sobre WEB INTERATIVA

DEIXE SEU RECADO