Prazo para sacar dinheiro do PIS termina dia 28 de setembro

Foto: Reprodução


Agência O Globo

Mais de 11,8 milhões de trabalhadores ainda não fizeram o saque das contas do PIS, segundo dados da Caixa Econômica Federal (CEF). O valor total disponível ultrapassa R$ 20,2 bilhões.

Até o final do mês de agosto, 8,3 milhões de cotistas sacaram o benefício, somando R$ 7,8 bilhões em pagamentos. Cerca de 4,4 milhões clientes da Caixa receberam o valor por depósito automático em 8 de agosto.

Segundo o banco, dos cotistas do PIS com idade inferior a 60 anos, restam 4,8 milhões de pessoas com direito a R$ 6,7 bilhões disponíveis para o saque. Dos 12,5 milhões de trabalhadores identificados com idade inferior a 60 anos, 7,6 milhões já sacaram um total de R$ 6,760 bilhões.

O trabalhador com menos de 60 anos tem até o dia 28 para sacar as cotas do PIS/Pasep. A partir de 29 de setembro, o benefício voltará a ser concedido exclusivamente aos trabalhadores que atenderem a um dos seguintes critérios: idade igual ou acima de 60 anos, aposentados, pessoas em situação de invalidez (inclusive seus dependentes), herdeiros de cotistas e participantes no Programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC/Loas).

Condições de saque

Têm direito à cota do PIS/ Pasep quem trabalhou na iniciativa privada ou foi servidor público entre 1971 e 4 de outubro de 1988.
No caso do PIS, o pagamento é feito pela Caixa Econômica Federal. O saque pode ser realizado nas agências, nas lotéricas ou em correspondentes bancários.


Como fazer a consulta
Os trabalhadores da iniciativa privada que quiserem saber se têm algo a receber das cotas do PIS devem fazer a consulta pelo site www.caixa.gov.br/cotaspis. No caso dos servidores públicos, que fazem jus ao Pasep, a verificação pode ser feita pela página www.bb.com.br/pasep.
Para ter acesso à informação, o interessado pode informar o CPF ou o Número de Identificação do Trabalhador (NIS, PIS ou Pasep)

Compartilhar no Google Plus

Sobre WEB INTERATIVA

DEIXE SEU RECADO