Ex-técnico da seleção de atletismo é acusado de abusar sexualmente de menores de idade

Foto: Reprodução


Redação: iBahia

O ex-técnico das categorias de base da seleção brasileira de atletismo, Luiz Antônio Lino, é acusado de abusar sexualmente de duas atletas adolescentes de 13 e 15 anos. A denúncia foi exibida pelo programa Esporte Espetacular, da Rede Globo, neste domingo (08).

As adolescentes prestaram queixas na delegacia de Osasco (SP), cidade onde Lino é funcionário da prefeitura. Uma delas relatou que o ex-técnico, que tem 70 anos, a forçou a beija-lo e a praticar sexo oral.

A mãe da vítima suspeitou que algo estava errado ao perceber que a filha estava inquieta após receber mensagens no celular. Quando pegou o celular da adolescente, ela encontrou fotos das partes íntimas do treinador e mensagens forçando um relacionamento.

Após esta denúncia, a outra vítima de 13 anos também foi à delegacia e registrou um boletim de ocorrência. A menina contou, em depoimento, que Lino insistia em dar carona para ela e que ele pagava em seus seios e dava tapas em sua bunda.

“Passava a mão na minha perna, apertava as minhas coxas. Ele pegou e falou que meu peito parecia um ‘escondidinho de queijo’ e falou da minha bunda”, contou.
Os advogados do ex-técnico negaram os abusos e chamaram as afirmações de “covardes e inverídicas”. Lino foi afastado de suas funções na prefeitura de Osasco e a Confederação Brasileira de Atletismo o suspendeu preventivamente.

Compartilhar no Google Plus

Sobre WEB INTERATIVA

DEIXE SEU RECADO