Ministro de Bolsonaro quer limitar venda de bebidas alcoólicas


O futuro ministro da Cidadania,Osmar Terra (MDB-RS), afirmou que tem discutido com o presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), a possibilidade de implementar um projeto que limite a venda de bebidas alcoólicas no Brasil. A declaração foi dada em entrevista ao jornal O Globo, realizada na última quinta-feira (20/12).

Segundo o ministro, a ideia se baseia na experiência de outros países, que limitaram a venda de bebidas ou a sua exposição pública, e teriam obtido resultados positivos na redução dos índices de violência. A ideia, ele contou, surgiu depois de uma viagem para a Islândia, país do norte europeu que tem pouco menos de 500 mil habitantes.

“Claro que é uma realidade bem diferente. Mas aqui, por exemplo, se reduzir o horário de venda de bebidas alcoólicas em restaurante, em bar, é uma coisa que se pode pensar”, disse o ministro ao Globo. Terra, inclusive, defendeu a adoção de ações conjuntas entre ministérios com o objetivo de melhorar a segurança pública no país. “Podemos fazer (o limite no horário de venda de bebidas) junto com o Moro, na Justiça, uma política de redução da violência”, prosseguiu.

Médico por formação e ex-ministro de Michel Temer (MDB), ele contou que, ao deixar o governo, buscou conhecer programas voltados à redução do uso de drogas e álcool em outros países. Segundo ele, iniciativas que levam música, esporte e dança aos jovens têm resultado na redução do consumo de drogas. “Ele (programa) mantém o pessoal permanentemente ocupado”, concluiu.

Metrópoles
Compartilhar no Google Plus

Sobre WEB INTERATIVA

0 comentários:

Postar um comentário

DEIXE SEU RECADO