Emagrece e previne doenças: sete motivos para começar a consumir inhame

Foto: reprodução / shutterstock

stá pensando em mudar seus hábitos alimentares? Você precisa inserir o inhame no seu cardápio. Esse tubérculo traz vários benefícios à saúde, principalmente pelo seu potencial antioxidante. O inhame é composto de carboidratos, fibras, proteína, vitaminas A, B e C, minerais e uma pequena quantidade de gordura, que são essenciais para o bom funcionamento do organismo.

Para te incentivar a consumir inhame, separamos alguns benefícios. Confira:

1- Favorece o ganho de massa muscular

Os carboidratos presentes na composição do inhame ajudam os praticantes de exercícios físicos a ter mais energia e a melhorar o desempenho durante a atividade.

2- Combate anemia 

O ferro aliado à vitamina C, em sua composição, contribui para combater doenças ligadas a deficiência de ferro no organismo, como anemia.

3- Ajuda a emagrecer

A presença de fibras vai te fazer comer menos, pois uma refeição com inhame te deixa com uma maior sensação de saciedade. Outro fator que ajuda no emagrecimento é a presença de carboidratos complexos cuja digestão acontece de forma gradativa fazendo você sentir menos fome. Além disso, o inhame contribui para prevenir picos de açúcar no sangue.

4- Previne doenças cardiovasculares

A presença do potássio e da vitamina B6 contribui para o controle da pressão arterial e reduz os níveis de homocisteína no organismo, esse aminoácido é encontrado no organismo de vítimas de infarto.

5- Previne o câncer 

O inhame é um ótimo antioxidante, graças a vitamina A e C em sua composição, que protege o corpo dos radicais livres. Esses radicais livres são causadoras de estresse oxidativo, que pode esta associado a vários tipos de câncer.

6- Pele saudável 

O inhame é rico em vitamina A, que funciona como hidratante da pele e ainda auxilia no combate ao envelhecimento precoce.

7- Adeus prisão de ventre 

A presença das fibras são essenciais para o bom funcionamento do organismo, principalmente do intestino. 

iBahia
Compartilhar no Google Plus

Sobre WEB INTERATIVA

0 comentários:

Postar um comentário

DEIXE SEU RECADO