Jenifer do Tinder foi rejeitada por Gusttavo Lima antes de virar hit

Foto: Divulgação 


Thais Moura/Metrópoles

Mesmo antes de a música Jenifer, interpretada por Gabriel Diniz, chegar ao topo do Spotify Brasil, nessa quarta-feira (9/1), o assunto já tinha tomado a internet. Agora, ainda mais. O motivo? Um dos compositores do hit, Junior Lobo, revelou em entrevista ao G1 que antes de ser gravada por Diniz, Gusttavo Lima comprou seus direitos autorais e a gravou. No entanto, acabou desistindo de lançá-la.

“Acho que Gusttavo pensou que a música não era para ele, no timbre dele”, justificou Junior. Já Gabriel Diniz pensou diferente. Após reunião com os compositores, Jenifer foi paixão à primeira vista. Com a desistência do sertanejo, Gabriel a comprou.

A música, sem dúvida, está fazendo muito sucesso, mas ainda resta uma dúvida: afinal, quem é Jenifer? “O nome dela é Jenifer, eu encontrei ela no Tinder. Ela não é minha namorada, mas bem que poderia ser”, canta Diniz no refrão.

O compositor confirmou que Jenifer é uma personagem fictícia, criada para rimar com Tinder, mas o que a motivou a existir foi uma história real. “Eu estava no intervalo do show de um amigo e o baterista estava conversando comigo. De repente uma moça abraçou e conversou com ele e eu perguntei se era a namoradinha dele. Ele falou ‘não, essa é a do Tinder'”, ele disse. Com a resposta, Junior transformou a ocasião em música.

A música foi lançada em setembro de 2018, mas só entrou em primeiro lugar das músicas mais ouvidas no Brasil no spotify no início de 2019, acumulando mais de 71 milhões de visualizações no YouTube.

Compartilhar no Google Plus

Sobre WEB INTERATIVA

DEIXE SEU RECADO