RJ: PMs doam ar condicionado para menino com paralisia cerebral

Arquivo Pessoal


Redação: R7.com

Lidar com violência diariamente pode endurecer algumas pessoas. Mas com o Sargento da PM França Júnior, essa lógica é invertida. O agente do 7º BPM (São Gonçalo) repercutiu nas redes sociais após presentear um vendedor com um ar condicionado. Isso porque Marcos Vianna, que trabalha em uma loja no calçadão de Alcântara, em São Gonçalo, região metropolitana, tem um filho com paralisia que sofre com as altas temperaturas registradas no Rio de Janeiro.

Segundo o sargento, ele conheceu Viana ao entrar na loja onde ele trabalha para saber o que estavam achando do patrulhamento na região. O PM contou que durante a conversa, o vendedor falou que a criança estava passando mal com o calor da região.

Arquivo Pessoal

“Nós que estamos bem, não conseguimos lidar com o calor, imagina para uma criança com paralisia? Quando ele falou da doença do filho, fiquei imaginando como ele conseguia dormir.”

França atua no patrulhamento de proximidade e diz que está sempre em contato com a população. Após a conversa, o policial teve a ideia de comprar o aparelho de ar condicionado para ajudar o vendedor.

O sargento falou com o companheiro de viatura, o cabo W. Coutinho, e os dois resolveram dividir o valor do equipamento. Mas antes de comprar, surgiu uma preocupação: será que o vendedor teria condições de pagar a conta?

“Perguntei e ele disse que não pagava aluguel e que com o dinheiro que seria investido nisso, poderia pagar a conta de luz. Então eu e meu colega compramos o ar.”

Ao R7, França disse que sempre buscou ajudar as pessoas. “Enquanto tem policial que faz besteira, eu tento ajudar”. Ele afirmou que as dificuldades que teve na infância o influenciaram a promover ações positivas na vida das outras pessoas.

“A gente vai semeando o amor, minha filosofia de vida é essa.”

Compartilhar no Google Plus

Sobre Web Interativa

0 comentários:

Postar um comentário

DEIXE SEU RECADO