Arara ameaçada de extinção volta a ocupar caatinga baiana

Foto: Marcelo Brandt / G1


Redação: Bahia Notícias

A arara-azul-de-lear tem voltado a ocupar espaços da caatinga baiana, principalmente no Raso da Catarina e Boqueirão da Onça, no norte do estado. O pássaro era dado como quase extinto. No entanto, iniciativas de preservação tentam evitar o fim da espécie. Segundo o G1, vários projetos são desenvolvidos para estimular o crescimento da população nas cidades de Canudos, Serra Branca, Euclides da Cunha, Jeremoabo, Santa Brígida e Paulo Afonso.


Os projetos são focados em preservação da área e do licuri, principal alimento desta ave. Estima-se que cerca de 1,7 mil arara-azul-de-lear vivem na região do Raso da Catarina. Ainda segundo o site, outros 182 animais da caatinga também estão sob ameaça de desaparecer. São os casos da onça-pintada e a parda.

Compartilhar no Google Plus

Sobre WEB INTERATIVA

0 comentários:

Postar um comentário

DEIXE SEU RECADO