Governo vai ensinar meninos a dar flores e abrir porta para mulheres, diz ministra Damares


A ministra a Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, disse que o governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL) vai ensinar meninos a “levar flores” e a “abrir porta do carro” para mulheres. A declaração ocorreu em evento oficial nesta sexta-feira (8), data marcada pelo Dia Internacional da Mulher.

Em sua fala, a ministra atribuiu parte das agressões às mulheres a supostas ideologias que, segundo ela, pregavam que as mulheres são iguais aos homens.
“Os meninos vão ter que entender que as meninas são iguais em direitos e oportunidades, mas são diferentes por serem mulheres e precisam ser amadas e respeitadas como mulheres. Enquanto nossos meninos acharem que menino é igual a menina, como se pregou no passado, algumas ideologias…já que a menina é igual, ela aguenta apanhar”, afirmou Damares ao defender que o governo precisa ir às escolas para alcançar as metas de redução dos índices de violência doméstica no país.

Damares ainda deu exemplos do que o governo pretende ensinar para os jovens nas escolas.

“Nós vamos dizer para eles que elas são iguais em oportunidades e direitos, mas diferentes fisicamente e precisam ser amadas. Nós vamos ensinar os nossos meninos nas escolas a levar flores para as meninas, por que não? A abrir a porta do carro para a mulher, por que não? A se reverenciar para a mulher, por que não?”, disse.

Nesta sexta-feira, Damares participou junto com ministro Sérgio Moro (Ministério da Justiça e Segurança Pública) do lançamento da campanha “Salve uma mulher”, voltada a ações de conscientização de profissionais do ramo de beleza. Segundo o governo federal, o objetivo é ensinar maquiadores, cabeleireiros e outros trabalhadores do setor a identificar marcas de violência doméstica em clientes.

Com informações do Estadão
Compartilhar no Google Plus

Sobre WEB INTERATIVA

0 comentários:

Postar um comentário

DEIXE SEU RECADO