Suzano: um dos estudantes voltou para buscar namorada e morreu

Foto: Reprodução


Redação: iBahia

Uma das vítimas do massacre em Suzano (SP), na quarta-feira (13), morreu após tentar resgatar a namorada, também estudante da unidade. De acordo com o G1 Mogi das Cruzes e Suzano, Douglas Murilo Celestino, de 16 anos, foi uma das pessoas que conseguiu fugir da escola durante o ataque, mas o jovem decidiu voltar para resgatar a namorada  Adna Bezerra, também de 16 anos. Em entrevista ao portal, familiares do garoto confirmaram a versão de que ele foi morto quando retornou à escola.

Douglas chegou a ser socorrido ao Hospital Luzia de Pinho Melo, em Mogi das Cruzes, mas não resistiu. O corpo dele está sendo velado em uma igreja, no Parque Maria Helena, em Suzano. Participaram familiares, amigos e curiosos.


Adna está internada na UTI do Hospital das Clínicas em São Paulo. De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, seu estado é estável.

O massacre

Um adolescente e um homem encapuzados atacaram a Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano (SP), na manhã desta quarta-feira (13) e mataram sete pessoas, sendo cinco alunos e duas funcionárias do colégio.

Taucci Monteiro, de 17 anos, e Luiz Henrique de Castro, de 25 anos, ex-alunos da Escola Estadual Raul Brasil, invadiram a unidade  encapuzados e mataram e feriram alunos e funcionários do local.  A polícia diz que os dois tinham um "pacto" segundo o qual cometeriam o crime e depois se suicidariam.Ainda não se sabe a motivação do crime.

Compartilhar no Google Plus

Sobre WEB INTERATIVA

0 comentários:

Postar um comentário

DEIXE SEU RECADO