Cadeirinhas são retiradas do mercado após morte de bebês por asfixia

Foto: reprodução/R7


Redação: Varela Notícias

Quase cinco milhões de cadeirinhas de bebê foram retiradas de circulação, após o produto ter sido apontado como o causador de cerca de 30 mortes de bebês nos últimos 10 anos.

O anúncio foi dado nesta sexta-feira (12) pela empresa Fisher-Price, do grupo americano Mattel.

As cadeirinhas possuíam inclinação de 30 graus e tinham programação para balançar.

Segundo as denúncias, as mortes ocorreram com bebês entre nove dias e três meses de nascimento, após rolarem de barriga para baixo e ficarem com asfixia.

Compartilhar no Google Plus

Sobre Web Interativa

0 comentários:

Postar um comentário

DEIXE SEU RECADO