Ipirá: Deteval Brandão denuncia inércia da administração no impasse envolvendo contratados “O prefeito foi notificado em 2017 para não fazer mais contratos”



O vereador e líder da oposição na Câmara, Deteval Brandão denunciou a inércia da administração municipal no impasse envolvendo a demissão em massa dos funcionários contratados do município em seu discurso na Casa Legislativa na última terça-feira (14).

Deteval foi enfático ao afirmar que há uma parcela de culpa do gestor municipal na problemática. “Aqui falaram que a culpa de não ter recontratado ainda para os contratos emergenciais era do poder jurídico da Prefeitura. Gente, a culpa de todas as mazelas que acontecem em nosso município é do prefeito”.

De posse de documentos, o vereador afirmou que o prefeito foi notificado em 2017, mas desobedeceu às recomendações do MP. “O prefeito foi notificado em 2017 para não fazer mais contratos, fazer o processo seletivo ou concurso. O prefeito desobedeceu todas às reivindicações do Ministério Público”

Deteval informou ainda que quando notificado, em 2017, o município tinha 186 funcionários atuando em regime de contrato, em 2018 o número saltou para 559.

O vereador finalizou seu discurso defendendo o afastamento do gestor. “Vamos pedir o afastamento desse prefeito que não respeita as pessoas de Ipirá e principalmente as mais carentes e que precisam dos serviços públicos de nosso município”. 


Assessoria de Comunicação
Bancada de Oposição na Câmara de Vereadores de Ipirá

Sobre Web Interativa

WEB INTERATIVA - PORTAL DE NOTÍCIAS - Redacao@interativapn.com

0 comentários:

Postar um comentário