Saúde: Em entrevista, prefeito afirma que o município está falido


Redação: Web Interativa 
redacao@interativapn.com

Em entrevista concedida aos comunicadores André Araújo e Nilson Miranda no programa jornalístico Espaço Livre da Paiaiá FM, o prefeito da cidade de Saúde, Sérgio Passos falou sobre a atual do município.

Segundo o gestor dos recursos recebidos do FUNDEB, só está restando 10% para pagar: pessoal, água, luz, combustível, pintura, limpeza, aluguel de transportes, manutenção e outros serviços.

"Eu recebo R$640.000 ano, dividindo isso por 12, dá mais ou menos R$ 50.000 mês, eu quero saber se com R$ 50.000 dá pra mim pagar tudo isso? Não dá, o que eu tenho que fazer? Esse dinheiro vai ter que sair de algum lugar, no momento em que eu entre no FPM livre e tirar mais R$ 100.000 vai faltar dinheiro para algum lugar, é claro vai afetar a folha de pessoal, aí é onde eu digo que muito provavelmente mantida essa idéia de reajuste hoje destes percentuais, vai faltar dinheiro na prefeitura pra pagar pessoal". Externou Sérgio Passos.

Sobre Web Interativa

WEB INTERATIVA - PORTAL DE NOTÍCIAS - Redacao@interativapn.com

0 comentários:

Postar um comentário