Marcha da Maconha no DF acaba com usuários presos e facas apreendidas

 Foto: Larissa Passos/G1


Por G1 DF

Três adolescentes foram levados por servidores da Vara da Infância e Juventude durante a Marcha da Maconha, em Brasília, na tarde desta quinta-feira (30). Eles têm entre 14 e 15 anos e, por serem menores de idade, não poderiam participar da manifestação que segundo a PM "faz apologia ao uso de drogas".

Os adolescentes foram encaminhados para a Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA), na Asa Norte. Até as 16h30, outros 14 manifestantes – maiores de idade – haviam sido apreendidos.

De acordo com a PM, os maiores de idade faziam uso da droga. Eles devem assinar um termo circunstanciado, por uso e porte de maconha e, em seguida, serão liberado para responder à Justiça.

A Marcha da Maconha foi convocada pelas redes sociais e começou por volta das 14h, após o protesto contra o bloqueio de verbas na educação, em Brasília. O grupo, que defende a descriminalização da maconha, se concentrou próximo da Catedral Metropolitana, no centro da capital.


Os manifestantes percorreram um trajeto de 1,5 quilômetro, até o Supremo Tribunal Federal (STF). No local, eles abriram uma faixa e posaram com cartazes.

Segundo a PM, a marcha foi pacífica e terminou por volta das 17h.



Sobre Web Interativa

WEB INTERATIVA - PORTAL DE NOTÍCIAS - Redacao@interativapn.com

0 comentários:

Postar um comentário