Mulher é presa por usar distintivo policial falso para intimidar funcionários e exigir atendimento em hospital na Bahia

Foto: Polícia Civil/Divulgação

Uma mulher foi presa em flagrante na cidade de Eunápolis, no sul da Bahia, ao tentar intimidar funcionários do hospital municipal com um distintivo falso.
Márcia Nunes Pitanga foi presa na terça-feira (04), mas as informações só foram divulgadas pela Polícia Civil nesta quinta-feira (06).
De acordo com a polícia, a suspeita exigia atendimento prioritário para uma amiga e tentou obrigar um médico a fornecer um atestado com horário diferente ao do atendimento. Funcionários da unidade chamaram a polícia por causa do comportamento agressivo dela.
A suspeita foi levada para a 23ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), onde contou aos policiais que adquiriu o distintivo por “vaidade” e, desde então, passou a obter vantagens pessoais com o objeto.
Ainda na delegacia, ela contou que também alegou ser policial em outra ocasião, quando tentou embarcar gratuitamente em um ônibus interestadual na rodoviária da cidade.
Márcia vai responder por usurpação do exercício de função pública. A polícia não detalhou se ela segue detida, mas informou que vai apurar a origem do distintivo e como a suspeita o adquiriu.
G1 BA

Sobre Web Interativa

WEB INTERATIVA - PORTAL DE NOTÍCIAS - Redacao@interativapn.com

0 comentários:

Postar um comentário