Prefeito de cidade baiana terá que devolver R$ 4 milhões aos cofres públicos


O prefeito de Brumado, Eduardo Lima Vasconcelos, será denunciado ao Ministério Público do estado (MP-BA) por suposto crime contra a administração pública e terá que devolver aos cofres do municípios cerca de R$ 4 milhões. 

De acordo com a denúncia do Tribunal de Contas do Município (TCM), a quantia foi utilizada na ‘aquisição irregular de terrenos a preços superfaturados – que sofreram acréscimos de até 6.500% em poucos meses’.

Além da apuração que vai analisar a suspeita do ato de improbidade administrativa, os conselheiros aprovaram a imputação imputação de uma multa no valor de R$10 mil e o ressarcimento do valor aos cofres públicos, com recursos pessoais do gestor.

As obras superfaturadas seriam a ampliação da Escola Municipal Prof. Roberto Santos (R$ 370.000,00), ampliação da Escola Municipal Armida Azevedo (R$240.000,00) e a ampliação do Centro Municipal de Educação Agamenon Santana (R$ 3.150.000,00), além da aquisição de cinco terrenos para a construção de escolas municipais (R$ 110.000,00, cada).

Varela Notícias

Sobre Web Interativa

WEB INTERATIVA - PORTAL DE NOTÍCIAS - Redacao@interativapn.com

0 comentários:

Postar um comentário