Chove após homem pedir para Deus apagar incêndio em seu caminhão; assista

Foto por: Reprodução de vídeo

Um vídeo de um absoluto milagre está circulando pelas redes sociais e rapidamente viralizou entre os grupos de evangélicos. O momento em que um trabalhador pede um milagre extraordinário a Deus e é concedido diante das câmeras.



O caminhoneiro então que está amparado por pessoas ao seu redor que tentam ampará-lo em desespero, começa a fazer o inusitado e parte para oração. O motorista ao ver seu instrumento de trabalho começa a invocar a Deus para que ele mande cair chuva o céu. A cabine do seu caminhão estava pegando fogo, mas o baú ainda não havia sido atingido pelas chamas.

O motorista começa a chorar e orar ao mesmo tempo  e pede a Deus que o auxilie mandando chuva do céu. Pois o socorro de uma autovia ou mesmo bombeiro, demoraria ainda mais para chegar ao local do incêndio.

O fato que o caminhoneiro pedia em oração, era motivo até de escárnio na mente de muitos que acompanhavam o caso na beira da pista, pois o céu estava cheio de nuvens e fazia muito sol no momento.

Pois a oração do pobre caminhoneiro foi ouvida e deixou todos os espectadores do incêndio abismados, pois um forte vento começou a soprar e  nele veio chuva junto. A chuva veio rapidamente e apagou o fogo da cabine do caminhão e todos viram um grande milagre acontecer.

Muitos poderia até pensar que a história fosse um desses contos de pregador, senão tivesse sido totalmente filmada e registrado para que todos possam ver. Um milagre visto a olho nu em pleno século 21.

O evento fez lembrança a um famoso profeta africano que já veio vária vezes no Brasil, chamado David Ourele é conhecido por invocar a Deus por chuva em pleno dia de sol e conseguir fazer chover no local de sua pregação. Quando veio ao Brasil ,David profetizou o surto do Zica Vírus que seria uma punição divina do Brasil para a sensualidade da  nação. Meses depois uma epidemia de Zica confirmou a profecia de David Owuor.

Buxixo Gospel

Sobre Web Interativa

WEB INTERATIVA - PORTAL DE NOTÍCIAS - Redacao@interativapn.com

0 comentários:

Postar um comentário