Homem com extensa ficha criminal se entrega a Jesus em culto e é assassinado logo depois

Foto: Reprodução / Click Camboriú

Um homem com extensa ficha criminal foi assassinado e se tornou notícia no último sábado, 27 de julho, depois que um pastor pentecostal publicou a foto de sua decisão em entregar a vida a Jesus Cristo horas antes do crime.

O pastor Júnior Trovão pregou em uma igreja de Camboriú na noite do último sábado, e Geovani Ribeiro dos Santos, 35 anos, foi fotografado entre as pessoas que aceitaram ao apelo feito no culto. Horas depois, a Polícia Militar atendeu a uma ocorrência de homicídio e a vítima era o rapaz que havia entregado a vida a Jesus.
De acordo com informações do portal Click Camboriú, Santos possuía passagens pela Polícia por violência doméstica, tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo, disparo de arma de fogo e estelionato. Ele foi assassinado a tiros.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) atendeu ao chamado e confirmou o óbito de Santos no local. A Polícia Civil e o Instituto Geral de Perícias (IGP) vistoriaram a cena do crime e periciaram as evidências.

Horas depois da confirmação de que Geovani Ribeiro dos Santos havia sido assassinado, Trovão usou sua conta no Instagram e publicou uma imagem com o momento que o rapaz entregava sua vida a Jesus e outra com seu corpo caído no meio fio. A rede social inseriu um alerta de imagem chocante à publicação do pastor pentecostal.

Na legenda, Trovão afirmou que sentia “tristeza pela vida que se foi”, mas também “alegria pela alma que Jesus salvou”.

Por: Tiago Chagas / Gospel Mais

Sobre Web Interativa

WEB INTERATIVA - PORTAL DE NOTÍCIAS - Redacao@interativapn.com

0 comentários:

Postar um comentário