Itiúba: prefeita e ex-prefeito são investigados por uso irregular de mais de R$ 26 milhões do Fundef

Os alvos do procedimento são o ex-gestor, Silvano Santos Carvalho (PT), e a atual gestora, Cecília Petrina de Carvalho (PCdoB)

O Ministério Público Federal (MPF) vai investigar possíveis irregularidades no uso dos recursos de precatórios do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (Fundef), no valor de R$ 26.396.354,15, pela prefeita e ex-prefeito de Itiúba, centro-norte baiano. 
O inquérito civil foi instaurado pela procurada da República, Analu Paim Cirne Pelegrine. Os alvos do procedimento são o ex-gestor, Silvano Santos Carvalho (PT), e a atual gestora, Cecília Petrina de Carvalho (PCdoB). O órgão federal não divulgou detalhes da investigação que está em andamento. 
Outro lado
A reportagem tentou contato com a prefeitura, por meio da Secretaria da Educação, mas até a publicação não teve nenhum retorno.
BNews

Sobre Web Interativa

WEB INTERATIVA - PORTAL DE NOTÍCIAS - Redacao@interativapn.com

0 comentários:

Postar um comentário