Onda de frio em traz alerta para doenças do inverno; saiba como se prevenir

Foto reprodução

Redação, O Estado de S.Paulo

Com a chegada da primeira onda de frio do inverno, na próxima quinta-feira, 4, aumenta a preocupação com as doenças respiratórias e a circulação de vírus e bactérias típicas dessa estação. Gripes, resfriados, rinites, asma, bronquite e outras infecções encontram condições propícias as baixas temperaturas. 

Manter o sistema imunológico em funcionamento é uma das principais providências para não ser pego de surpresa pela virada no tempo. Tomar bastante água para não descuidar da hidratação é uma das principais dicas dos médicos e, além disso, o consumo das frutas cítricas, ricas em vitamina C. Além disso, nutricionistas recomendam peixes – em especial a sardinha –, linhaça, chia, vegetais vermelhos e alaranjados, e as oleaginosas. 

Para a época de frio, infectologistas recomendam manter os ambientes arejados e ventilados. A dica é resistir à tendência de se recolher em ambientes fechados para se proteger, pois é nesses locais em que os vírus e bactérias costumam circular com mais facilidade.

Outra dica é evitar, se possível, grandes aglomerações de pessoas, como no transporte público, shoppings e cinemas. Quando passar por esses locais é inevitável, há outros cuidados que ajudam a prevenir doenças. O álcool gel, para passar nas mãos periodicamente, é um dos itens mais importantes nessa época do ano. 

O uso periódico do soro fisiológico para limpar as narinas, que tendem a ficar ressecadas com o frio, também ajuda a prevenir problemas de saúde. "Normalmente, a circulação dos vírus respiratórios tende a se manter especialmente na garganta e no nariz. O fato de se lavar aumenta a produção de anticorpos nessas secreções", diz Gorinchteyn.

Quem já sofre com doenças com bronquite e asma deve, de preferência, levar seus medicamentos nos bolsos e bolsas. Outra dica são os gargarejos – com água, vinagre e sal, ou enxaguantes bucais – toda vez que chegar em casa. Esse procedimento ajuda a eliminar vírus e bactérias que estejam na região da garganta. 

Dicas
Evitar locais com aglomerações, como transporte público;

Não esquecer de tomar água com regularidade;

Consumir frutas cítricas, vegetais e oleaginosas, e peixes;

Manter ambientes arejados e ventilados;

Levar álcool gel para higienização das mãos;

Usar soro fisiológico para limpar narinas ressecadas;

Ao chegar em casa, fazer gargarejo com água, vinagre e sal ou enxaguante bucal.

Sobre Web Interativa

WEB INTERATIVA - PORTAL DE NOTÍCIAS - Redacao@interativapn.com

0 comentários:

Postar um comentário