Conheça Gersinho, jovem do baiano que bomba no Insta com conselhos engraçados

Foto: Betto Jr./CORREIO

“Fia”, você conhece Gersinho? Se não conhecer agora, “é melhor que Deus te leve”. Dono dos bordões aspeados, com os quais costuma iniciar e encerrar seus vídeos engraçados -- com comentários ora absurdos, ora desaforados --, Gersinho Santos é uma webcelebridade de 19 anos que acaba de abandonar a ‘carreira’ como vendedor de calçados para se dedicar, exclusivamente, a brilhar nas redes sociais. E tudo por motivo de força maior: a fama, que não o deixava exercer sua função em paz.
“Quando eu trabalhava na Borges Calçados de Simões Filho, toda hora vinha alguém falar comigo. Tinha dias que eu nem trabalhava. Passava o dia tirando fotos. Mas minha gerente amava, achava o auge! E atraía clientes”, comenta o rapaz magricela do sorrisão de aparelho que tem hoje 177 mil seguidores apenas no Instagram.
O mais incrível é que os vídeos não têm o mínimo de produção ou frufru: quase sempre em close, na cara da criatura, são gravados na laje da casa onde Gersinho mora com o pai e a madrasta, no Alto de Coutos, Subúrbio Ferroviário de Salvador. O forte, de fato, é a performance, a simpatia e o conteúdo das falas. Mas do que ele fala?
“Além de subir a autoestima das pessoas, eu dou conselhos. Nessa nova saga de respostas (no Instagram), sempre estão me perguntando o que fazer com o relacionamento delas, com a vida delas, e eu dou sempre conselhos de modo engraçado, hilário”, diz o aluno mais famoso do Colégio Estadual Severino Vieira, ao indicar a temática mais frequente de sua obra em progresso.
No início era o verbo para criticar as próprias redes sociais e as histórias que o tornariam famosinho. “Hoje, o resumo das redes sociais é fazer história. Se não fizer história, se não tiver Instagram, você não presta. Ai de alguém que diz 'eu não uso Instagram', porque parece que não mora aqui no Brasil”, comentava ele no primeiro vídeo postado em seu canal no YouTube, em abril de 2017.
Agora ficou sério
Mas o estouro duradouro só se deu, justamente, porque Gersinho teve o capricho de marcar seu endereço do Insta no vídeo do Face. “Ganhei 10 mil seguidores por causa disso. (...) Acho que começou a dar certo do final do ano passado pra cá. Aí, mês passado, quando voltei de férias da loja [da Borges Calçados, em Plataforma, para onde conseguiu transferência], o patrão pediu pra renovar o contrato, mas eu tomei a decisão de sair, e tá dando certo”, explica o instagrammer.
Ele relembra a conta simples que fez para tomar a decisão, após 1 ano e meio como Jovem Aprendiz, que lhe rendia pouco mais de meio salário mínimo: “Eu pensei: ‘o dinheiro que tô ganhando aqui (na loja) em um mês, no Instagram eu tô ganhando em dois dias, com duas divulgações’”. 
Futuro
Gersinho estudou a vida inteira em escolas do Subúrbio, mas decidiu terminar o ensino médio no Severino Vieira, região central da cidade. Contei pra ele que é o mesmo colégio onde estudaram Caetano Veloso e Maria Bethânia quando saíram de Santo Amaro, pra terminar os estudos na capital. Confessa que não sabia desse detalhe, mas curte os irmãos cantores, embora estudar não seja seu principal hobby, admite ele. Só passou direto na 5ª série e no 2º ano, indo à recuperação nos demais.
Porém, as derrapadas propositais no Português como artifício para tornar seus vídeos ainda mais engraçados (saem uns neologismos bem legais) não derrubam suas notas na disciplina. Também pudera: no futuro, se enxerga escrevendo, trabalhando como jornalista. Diz curtir História e Geografia, embora muitas vezes se sinta perdido nas aulas, sem entender direito.
Crescimento
Mas quando foi que Gersinho se entendeu por gente (pra brilhar)? “Quando eu era criança, eu não me achava engraçado. Mas depois, adolescente, que eu comecei a frequentar um colégio estadual (Anfrísia Santiago, em Plataforma), fui conversando com pessoas diferentes, e o povo me achava engraçado”, relembra.
Criado principalmente na companhia de primos e tios, jogando bola na rua, e brincando até tarde da noite nas portas, conta que teve uma infância maravilhosa, o que explica um pouco de seu bom humor permanente. “Quase nunca fico triste, e quase ninguém percebe quando eu tô. É muito raro”, comenta. 
E pra manter o astral lá no alto, é lá de cima que manda o recado. “Quando subo pra laje, já subo determinado. Eu não penso nada do que vou dizer em casa. Com a visão do mar, fico pensando na melhor forma de falar, e de ser engraçado”, revela sobre sua técnica baseada, quase sempre, no improviso, sem script.
Recebidinhos
O sucesso como digital influencer lhe rendeu uma caçamba de presentinhos, geralmente oferecidos em troca da divulgação de produtos ou serviços. “Tem lojas que tão começando agora, que não têm condições de fazer pagamento, e eu recebo em produtos. Mas tem estabelecimentos grandes, mais bem sucedidos, que eles preferem pagar mesmo”, resume Gersinho, que já ganhou presente até de sex shop.
Mas a grana maior que já levou nessa brincadeira não veio de nenhum empresário. “Uma seguidora depositou 300 reais em minha conta por uma besteira, que era pra desejar feliz aniversário pro filho dela. Eu mandei o recado e o menino, nem tchum, não me respondeu. Mas o importante é que o dinheiro tava na conta”, diz ele, agradecendo a preferência.
O Correio 24h

Sobre Web Interativa

WEB INTERATIVA - PORTAL DE NOTÍCIAS - Redacao@interativapn.com

0 comentários:

Postar um comentário