Fim do Mundo? ‘Dia vira noite’ e assusta moradores de SP; saiba por que


Na tarde desta segunda-feira (19), os moradores de São Paulo se depararam com “o dia virando noite” por volta das 15h30. De acordo com o meteorologista do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) Franco Villela, isso ocorreu devido ao encontro de uma frente fria com ventos provenientes de queimadas no Centro Oeste do Brasil, que trouxeram material particulado em suspensão no ar.

Além disso, o especialista alertou para um grande incêndio florestal originado neste sábado no Pantanal, em território do Paraguai, que atingiu cerca de 21 mil hectares.
“É uma convergência entre ventos do centro e do leste de SP, com o material das queimadas que ocorreram no Centro Oeste e no Paraguai. Ou seja, é um encontro entre uma frente fria forte com ventos úmidos, e material particulado vindo dos incêndios florestais”, disse à Jovem Pan.

Segundo Villela, é possível que chova granizo ainda nesta segunda. Ele disse ainda que a tendência é que a temperatura diminua um pouco durante o dia, mas ressaltou que a queda principal dos termômetros já ocorreu. Na terça, a mínima é de cerca de 12º e o tempo permanece encoberto, com chuvas ocasionais.

De acordo com as estações meteorológicas automáticas do CGE, os termômetros apontam 16°C em Perus, na Zona Norte, e 13°C em Parelheiros, no extremo da Zona Sul. A umidade relativa do ar nesses locais é respectivamente de 85% e 100%.

Nas redes sociais, os moradores de São Paulo brincaram que “o dia que virou noite” e postaram fotos impressionantes.

Jovem Pan

Sobre Web Interativa

WEB INTERATIVA - PORTAL DE NOTÍCIAS - Redacao@interativapn.com

0 comentários:

Postar um comentário