Velório é interrompido após morto “apertar” mão da esposa

Imagem ilustrativa

Na última sexta (16), em São Luís do Curu (CE), o velório de Raimundo Bezerra de Sousa, de 61 anos, precisou ser interrompido depois que a esposa do falecido afirmou que o homem apertou a mão dela. Outros familiares presentes no local relataram que ele se mexeu no caixão e transpirou.

A família interrompeu o velório e chamou o Samu. Os socorristas, porém, não perceberam sinais vitais e constataram que o óbito era verdadeiro.

Sem acreditar nos profissionais que foram ao velório, os familiares levaram o corpo ao Hospital Municipal Antônio Ribeiro da Silva, também em São Luis do Curu. Lá, novamente, o óbito foi confirmado.

O corpo foi sepultado no início da noite de sexta (16).

Raimundo Bezerra de Sousa estava preso na cadeia de Trairi, passou mal e morreu na noite de quinta (15).

Catraca Livre

Sobre Web Interativa

WEB INTERATIVA - PORTAL DE NOTÍCIAS - Redacao@interativapn.com

0 comentários:

Postar um comentário