Homem exibe genital em loja para provar que volume não era item roubado

Foto: Darren Fletcher / The Sun


Redação Varela Notícias

Um homem de 47 anos precisou tirar a roupa e exibir a genitália em uma loja, de roupas, no Reino Unido, para provar que não havia roubado nada. Segundo o britânico Steve Whitehurst, esta é uma confusão que sempre acontece por causa do tamanho do seu membro.

Ao suspeitar do roubo, a loja acionou o alarme. O homem estava com a namorada, de 46 anos, e com o neto de 18 meses.

Á imprensa internacional, Steve afirmou que discutiu com os funcionários, que não acreditavam nele: “Vejam, não tenho nada a esconder”, afirmou ao abaixar a calça e ficar de cueca. Insatisfeito, a gerente continuou os questionamentos: “O que é essa protuberância?”. O homem, então, retirou a cueca, para provar que não roubava nada.

Por conta do constrangimento, o homem prestou queixa contra a loja, que em sua defesa, afirmou que Steve apresentava comportamento suspeito, mas em nenhum momento pediu para ele tirar a roupa:

“O cliente em questão estava exibindo um comportamento suspeito e, quando a gerência da loja o confrontou, ele se tornou abusivo”.

Sobre Web Interativa

WEB INTERATIVA - PORTAL DE NOTÍCIAS - Redacao@interativapn.com

0 comentários:

Postar um comentário