WhatsApp vai ser pago? Novo boato circula pelo app e confunde usuários



Um boato no WhatsApp afirma que o mensageiro vai passar a cobrar pelo envio de mensagens "a partir de amanhã". Segundo o texto, é necessário repassar a corrente a mais de três grupos para garantir que o programa seja "gratuito por toda a vida". No entanto, a mensagem, que voltou a circular na última terça-feira (15), é falsa: o aplicativo disponível para celulares Android iPhone (iOS) permanece completamente gratuito.

Segundo dados do Google Trends, ferramenta de monitoramento de pesquisas na Internet, as buscas pelo termo "WhatsApp pago" estão em uma crescente durante esta semana. No entanto, esta não é a primeira vez que rumores do tipo circulam pelo app. É comum, por exemplo, ver mensagens falsas atribuídas ao CEO do WhatsApp anunciando que o serviço deixará de ser gratuito.

Desta vez, o boato diz o seguinte: "Confirmado... Amanhã acabarão as mensagens grátis, e começarão a cobrar por whatsapp a 0.37 centavos. Reenvie este mensagem a mais de 3 grupos, e terá gratuito por toda a vida. Fique atento na bolinha, pois ela irá ficar verde, faça e veja. Já mandei".
Procurada pelo TechTudo, a assessoria do WhatsApp confirmou que a mensagem é falsa. A empresa orienta os usuários a não acreditar em textos enviados em nome da equipe do mensageiro que contenham:
·         Instruções de como repassar ou encaminhar seu conteúdo;
·         Informações sobre como evitar punições, com suspensão, ao encaminhar seu conteúdo;
·         Informações sobre um possível prêmio ou recompensa do WhatsApp ou de outra pessoa.
A companhia ressalta, ainda, que o usuário não precisa pagar pelo envio de quaisquer mensagens. O aplicativo usa apenas a conexão de Internet do aparelho para enviar e receber os conteúdos. "Contanto que você não tenha excedido seu limite de dados ou esteja conectado a uma rede Wi-Fi, sua operadora não cobrará a mais pelas mensagens no WhatsApp", explica a empresa na página de suporte do app.

Por Ana Letícia Loubak, para o TechTudo

Sobre Web Interativa

WEB INTERATIVA - PORTAL DE NOTÍCIAS - Redacao@interativapn.com

0 comentários:

Postar um comentário