Mãe sofre infarto tentando fazer filho entender lição de casa



Uma chinesa quase morreu após sofrer um infarto enquanto tentava ensinar o dever de matemática passado pela professora para o filho. De acordo com o jornal Sin Chew Daily, a mulher, identificada apenas como Wang, disse que estava muito estressada e perdeu o fôlego.

Aos 36 anos, ela costumava se sentar toda noite com o filho, que está no terceiro ano do ensino básico, para ajudá-lo na lição de casa. Muitas vezes, a chinesa encontrava sérias dificuldades para que o menino entendesse questões de Matemática.

A mãe contou que tentou explicar varias vezes a mesma questão e passou mal. “Comecei a ficar com raiva e tive vontade de explodir. De repente, senti-me perturbada e sem fôlego. Chamei meu marido e pedi que ele me levasse ao hospital”, afirmou Wang ao jornal chinês.

“Isso tende a acontecer com pais mais novos. É causado não por dietas não balanceadas, mas por emoções. E é mais comum com mães jovens”, explicou o médico que cuida do caso.

Infarto pode ocorrer em qualquer idade; entenda os motivos

O infarto é causado pela obstrução de alguma artéria do coração. Em ambas as doenças, coágulos podem contribuir para a interrupção do fluxo sanguíneo e funcionamento normal dos órgãos mas, no infarto, o maior causador das obstruções é o acúmulo de placas de gordura nas paredes das artérias.

É muito  importante estar alerta para a incidência das principais doenças que causam morte no Brasil e no mundo. Dentre elas, destacam-se o infarto do miocárdio (IAM) e o acidente vascular cerebral (AVC), que juntas, matam cerca de 110 mil pessoas por ano no País. Apesar de serem mais frequentes com o avançar da idade, podem afetar qualquer pessoa e em qualquer lugar.

De acordo com a Dra. Sheila Martins, Presidente da Rede Brasil AVC, o Infarto e o AVC acontecem em jovens por um conjunto de fatores, como hábitos de vida nocivos, histórico familiar e doenças crônicas. “O tabagismo, sedentarismo, má alimentação, ansiedade e estresse são alguns dos elementos que aumentam a suscetibilidade. A hipercolesterolemia – colesterol ruim elevado – e doenças crônicas, como o diabetes tipo 2 e hipertensão arterial, tornam o risco ainda maior”. 

Catraca Livre

Sobre Web Interativa

WEB INTERATIVA - PORTAL DE NOTÍCIAS - Redacao@interativapn.com

0 comentários:

Postar um comentário