Web Interativa - O portal de notícias da Bahia

Estudante de Pindobaçu desenvolve projeto de robótica para aumentar eficiência em aviários


Uma estudante de Pindobaçu, no Piemonte Norte do Itapicuru, desenvolveu um protótipo de aviário (criatório de aves) automatizado. O objetivo foi facilitar a vida de trabalhadores do semiárido baiano, principalmente na criação de aves e produção de ovos. Segundo o G1, a ideia foi de Adriana Nascimento, que faz Ciência da Computação no Instituto Federal Baiano (IF Baiano), em Senhor do Bonfim, na mesma região. Um professor, José Honorato Nunes, e um colega de curso, Javam Oliveira, ajudaram na realização da iniciativa.
De acordo com Adriana Nascimento, a principal questão era tornar o projeto algo de baixo custo. Com o viveiro automático, o produtor pode monitorar entre outros aspectos, o microclima do meio ambiente – que pode indicar a necessidade de mais ou menos exposição ao sol – além de umidade interna e o estado das cortinas. A pesquisadora aponta que um dos principais motivos de perda de aves é o calor excessivo.
O projeto ainda favorece a identificação mais precisa de parâmetros até então feitos de forma analógica, como temperatura interna, posição dos ventilados e abertura e fechamento de janelas.
G1/BA

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

 

Web Interativa - O portal de notícias da Bahia