Nova tecnologia permite carregar celular em 5 minutos

Carregar celular em 5 minutos? Já imaginou que um dia seria possível? Se você anda cansado de ter que levar seu carregador para todos os lugares, saiba que, até o segundo semestre de 2020, seus problemas já vão ter acabado. Conheça a tecnologia que permite carregar seu celular, em apenas cinco minutos.
2020 promete revolucionar a forma como usamos os celulares.
2020 promete revolucionar a forma como usamos os celulares.

Além de muitas novidades no mundo da tecnologia, 2020 também promete revolucionar a forma como usamos os celulares. Pelo menos, no que diz respeito a um de seus problemas mais recorrentes, a bateria. De fato, se as novas baterias entrarem no mercado, muita coisa vai mudar.
Chega de levar o carregador para todos os lugares
Chega de levar o carregador para todos os lugares

De acordo com a startup israelense, StoreDot, a vida dos usuários de smartphones vai ser muito cheia de facilidades. Isso porque a empresa planeja desenvolver baterias capazes de recarregar um celular, em apenas 5 minutos, assim como um veículo elétrico. Contudo, no caso de um carro, a carga já seria o suficiente para uma viagem de aproximadamente 500 km.
Recentemente, o portal “Bloomberg” colocou a StoreDot, em uma lista de startups que vão dar o que falar no ano de 2020. Além de fazer grandes promessas, a empresa também obteve um financiamento de 130 milhões de dólares (cerca de 530 milhões de reais) e ainda, o apoio da BP, um das maiores empresas de petróleo do mundo.
A previsão é de que os carregadores, capazes carregar totalmente a bateria de um celular em cinco minutos, chega ao mercado no segundo semestre de 2020. Dessa forma, a empresa utiliza uma tecnologia baseada em uma nova geração de compostos, que armazenam energia. Assim, é possível obter mais eficiência e segurança do que os sistemas atuais. Contando também com uma nova combinação de nanotecnologias.

Do que são feitas as baterias revolucionárias?

Baterias revolucionárias
Baterias revolucionárias

As baterias da StoreDot ainda usam lítio. Mas substituem o grafite usado pelos fabricantes de baterias, por uma mistura de metaloides. Ou seja, substâncias, com propriedades intermediárias entre metais e não metais. Desse modo, esses metaloides incluem silício e compostos orgânicos sintetizados em seus laboratórios.
Com a tecnologia, os celulares não seriam os únicos beneficiados, com a nova tecnologia. Uma vez que a bateria funcione em aparelhos móveis, também poderá beneficiar a indústria de veículos elétricos. Atualmente, o alcance das baterias elétricas ainda é consideravelmente limitado. Contudo, isso depende do modelo, mas em média, o abastecimento pode levar entre 45 minutos e 4 horas. Na maioria das vezes, essa costuma ser a principal barreira na compra de um veículo.
De acordo com Bloomberg, os veículos elétricos representarão mais da metade de todas as vendas de carros novos, em 2040. Dessa forma, isso será possível à medida que os preços começarem a cair e a vida útil da bateria for estendida. Com isso em mente, os fabricantes têm aumentado a “densidade” química da bateria. Fazendo com o que um carro elétrico possa viajar mais tempo, sem que seja necessário realizar a recarga.
Os mais recentes veículos da Tesla, da Chevrolet e de outros fabricantes permitem cerca de 500 quilômetros em boas condições. Contudo, o tempo de recarga ainda é extremamente lento. E é aí, que a nova tecnologia da StoreDot pode ajudar. Já pensou? Vai ser uma baita “mão na roda”.
Fontes:  Olhar Digital  e   G1

Sobre Web Interativa

WEB INTERATIVA - PORTAL DE NOTÍCIAS - Redacao@interativapn.com

0 comentários:

Postar um comentário