Mulher é suspeita de matar filha de 2 anos a facadas; pai também é investigado

Foto: Reprodução


Uma mulher foi presa suspeita de matar sua filha, Júlia Félix de Moraes, de dois anos, a facadas nessa quinta-feira (13), na Colônia Agrícola Samambaia, em Vicente Pires, no Distrito Federal.

A suposta criminosa, Laryssa Yasmim Pires de Moraes, de 21 anos, também teria tentado esfaquear o companheiro, Giuvan Félix, enquanto ele dormia, mas foi impedida pelo próprio homem, que apesar de conseguir desarmar a mulher, foi atingido no rosto. Segundo o pai da vítima, após a tentativa ele procurou a criança, que foi encontrada ensaguentada em cima de uma bancada. A Samu foi acionada mas a menina não resistiu aos ferimentos.

Quando a Polícia Militar chegou ao local, a mulher declarou que “não sabia por que tinha feito aquilo”. A acusada contou ainda que acordou por volta das 5h30 e colocou a filha em um colchão de berço sob uma pia.

“Tentou, primeiro, dar uma facada, mas não deu certo. A bebê começou a chorar. Foi aí que ela tentou sufocar com a mão, fechou os olhos e acertou outras duas vezes”, disse o delegado Josué Ribeiro da Silva, responsável pela investigação do caso.

O primeiro golpe acertou a menina perto do pescoço, sem causar um ferimento fatal, porém, logo em seguida, a criança foi ferida no tórax.

De acordo com testemunhas que entraram na casa após o ocorrido, o pai da criança foi encontrado ensaguentado e apontando Laryssa, que estava acuada no canto do apartamento, como autora do crime.

A mãe da criança contou o acontecido, mas não apresentou uma justificativa. A suspeita foi indiciada por homicídio duplamente qualificado, por motivo fútil e por impossibilitar a defesa da vítima, além de responder por lesão corporal contra Giuvan.

Redação: Varela Notícias

Sobre Web Interativa

WEB INTERATIVA - PORTAL DE NOTÍCIAS - Redacao@interativapn.com

0 comentários:

Postar um comentário