Auxílio emergencial negado? Confira 3 maneiras de conseguir dinheiro com a Caixa


A crise causada pela pandemia do novo coronavírus atingiu em cheio a população brasileira. Muitos trabalhadores perderam o emprego e se juntaram aos já desempregados. Além disso, os informais e autônomos também deixaram de ganhar renda por conta do isolamento social. Por conta disso, foi criado o auxílio emergencial de R$ 600, que beneficia essa categoria de trabalhadores e será pago pelo Governo Federal por 3 meses através da Caixa Econômica Federal. Mas muitos trabalhadores acabaram não se enquadrando nos requisitos para receber o benefício e tiveram o auxílio emergencial negado, mesmo precisando de dinheiro por causa da crise. Se você é uma dessas pessoas, confira outras 3 maneiras de conseguir dinheiro com a Caixa.


Teve o auxílio emergencial negado? Existem outras boas opções

Se você precisa muito de dinheiro e teve o auxílio emergencial negado por não se enquadrar nos requisitos, chegou a hora de pensar em outras opções. A própria Caixa Econômica Federal oferece algumas boas alternativas, que você confere logo abaixo.

Empréstimo consignado

Se você é pensionista do INSS, aposentado ou servidor público, certamente não tem direito ao Auxílio Emergencial. Entretanto, não quer dizer que essa categoria não esteja também precisando de dinheiro por conta da crise. Assim, o empréstimo consignado da Caixa se torna uma excelente opção. No caso do crédito consignado, é necessário ter margem consignável disponível, e as parcelas são descontadas diretamente do salário ou benefício do trabalhador. A grande vantagem dessa modalidade é que o empréstimo pode ser feito sem consulta ao SPC e Serasa.

Empréstimo para MEI

Se você é MEI e seu negócio foi duramente afetado pela crise, você poderá solicitar além do Auxílio Emergencial, o empréstimo para MEI da Caixa. Entretanto, devemos ressaltar que o crédito solicitado nesta modalidade deve ser exclusivo para o seu negócio, nunca para fins pessoais. Caso você chegue à conclusão de que um empréstimo para MEI possa ajudar a fazer com que seu negócio cresça, dê uma conferida em tudo que é necessário para solicitar essa linha de crédito.
Para solicitar o empréstimo para MEI da Caixa, você deve apresentar os seguintes documentos:
  • Certificado de Condição do Microempreendedor Individual (CCMEI) e/ou Certidão Simplificada da Junta Comercial.
  • Documentos pessoais do MEI (RG e CPF).
  • Comprovante de endereço residencial do microempreendedor.
Ademais, para disponibilização do empréstimo pela Caixa Econômica Federal, além dos documentos, é solicitado o preenchimento da “Ficha de Cadastro Microempreendedor Individual“, sendo que o modelo é disponibilizado pela própria CAIXA. Sendo assim, você pode efetuar o download aqui.

Penhor da Caixa

Outra possibilidade para quem está precisando de dinheiro é a modalidade penhor da Caixa. O banco oferece a possibilidade de deixar bens como garantia de um empréstimo. Nesta modalidade, a Caixa não faz consulta ao CPF e costuma liberar inclusive quantias maiores, por exemplo, R$ 100 mil ou ainda mais do que isso. Portanto, você pode deixar como garantia da Caixa alguns tipos de joias, canetas de valor, metais nobres, diamantes, entre outros bens. Mas, fique atento: caso você não pague pelo empréstimo, pode ter o seu bem leiloado para cobrir os custos do banco. Pra saber mais sobre esta modalidade, acesse este link.
Seu Crédito Digital 

Sobre Web Interativa

WEB INTERATIVA - PORTAL DE NOTÍCIAS - Redacao@interativapn.com

0 comentários:

Postar um comentário

reverse_time-href="https://www.interativapn.com/" data-numposts="5" data-width="">