Mais de 30 mil trabalhadores podem ser demitidos na Bahia em 2020, aponta Fieb

Foto: Reprodução


Mais de 31 mil trabalhadores podem ser demitidos na Bahia em 2020, por causa da crise provocada pela pandemia da Covid-19, segundo cálculos da Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb). Com as demissões, o setor perde mais de R$ 3,5 bilhões.

Na indústria, os impactos chegaram com força. Em uma fábrica de calçados em Itapetinga, no sudoeste do estado, as demissões começaram nesta sexta-feira (29). A previsão é de que 600 funcionários sejam dispensados. Outra grande fábrica do setor, em Santo Antônio de Jesus, também vai fechar e pelo menos 400 funcionários vão ser despedidos.

"Como o mercado retraiu, elas [as fábricas] estão efetivamente paradas. Alguns outros setores fizeram conversões ou estão trabalhando dentro de demandas que estão sendo potencializadas por este momento, quer seja no abastecimento, quer seja na área de saúde. Mas, de um modo geral, a indústria está sofrendo, como toda a economia vai sofrer, e nós devemos ter todo esse reflexo ao longo do segundo semestre", explicou Antônio Ricardo, presidente da Fieb.

Por G1 BA

Sobre Web Interativa

WEB INTERATIVA - PORTAL DE NOTÍCIAS - Redacao@interativapn.com

0 comentários:

Postar um comentário

reverse_time-href="https://www.interativapn.com/" data-numposts="5" data-width="">