Câmara de Ipirá aprova projeto e invalida decreto da Prefeitura que demitia mais de cem funcionários públicos



Após Prefeitura Municipal de Ipirá publicar o decreto nº 54, de 22 de maio de 2020, que decreta a suspensão de contratos de 108 profissionais da rede municipal de ensino de Ipirá, a Câmara de Vereadores aprovou, em sessão extraordinária, na última quarta-feira (10) um projeto de lei que susta os efeitos do decreto.

Vale ressaltar que entre as categorias penalizadas pelo decreto do Executivo estão atendentes de classe, merendeiras, auxiliares de serviços gerais, acompanhantes de alunos com deficiência e porteiros escolares.

Vereadores das bancadas de oposição e situação entraram em consenso ao não ver viabilidade no decreto que afirma que os contratos só seriam restabelecidos após o retorno das aulas em estabelecimentos físicos, já que a demissão de mais de cem profissionais da Educação agravaria ainda mais a crise econômica no município.

Sobre Web Interativa

WEB INTERATIVA - PORTAL DE NOTÍCIAS - Redacao@interativapn.com

0 comentários:

Postar um comentário

reverse_time-href="https://www.interativapn.com/" data-numposts="5" data-width="">