Centrão articula emenda para transferir eleições para 2022; vereadores e prefeitos teriam mais dois anos de mandato

Foto: Fábio Pozzebon/Agência Brasil
Um dos principais nomes do chamado “Centrão” — grupo que reúne parlamentares com postura mais adaptativa ao poder central —, o senador Ciro Nogueira (PP) está articulando apoio para conseguir o adiamento das eleições municipais de 2020 para 2022, contrariando a ideia da cúpula do Congresso, do Senado e do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que desejam transeferir o pleito de outubro para novembro e dezembro.
A ideia de Ciro, eleito pelo estado do Piauí, é de que os atuais vereadores e prefeitos tenham seus mandatos estendidos por mais anos. A justificativa utilizada pelo parlamentar é de diminuir os riscos causados pela pandemia, especialmente para os mais idosos e em situação de risco. O senador também deve propor que os horários de votações sejam estendidos e o voto facultativo para pessoas idosas e na faixa de risco.
Varela Noticias

Sobre Web Interativa

WEB INTERATIVA - PORTAL DE NOTÍCIAS - Redacao@interativapn.com

0 comentários:

Postar um comentário

reverse_time-href="https://www.interativapn.com/" data-numposts="5" data-width="">