Web Interativa - O portal de notícias da Bahia

Criminosos roubam auxílio emergencial que está parado na conta de beneficiários


Os criminosos continuam se aproveitando do auxílio emergencial para aplicar golpes nos beneficiários. Um crime mais recente ocorre entre o depósito do benefício no aplicativo Caixa Tem e a data na qual o saque é liberado para o cidadão. Ou seja, os criminosos roubam os R$ 600 do auxílio emergencial que está parado na conta de beneficiários. Muitas vítimas estão denunciando o golpe nas redes sociais, afirmando que os golpistas conseguem tirar o dinheiro da conta trocando o e-mail e o telefone cadastrados pelo usuário no aplicativo da Caixa.

Golpistas roubam Auxílio Emergencial da conta dos beneficiários

Um das vítimas dos golpistas foi a a produtora cultural Nane Barbosa, de 31 anos, que, ao baixar o aplicativo Caixa Tem, recebeu a informação de que seu CPF já estava cadastrado e, além disso, constava um número de telefone e um e-mail que não eram os seus. Mesmo após conseguir recuperar o acesso ao entrar em contato com a Caixa, novamente os criminosos mudaram os dados que dão acesso ao aplicativo, conforme contou em entrevista ao site Simões Filho Online:
”Quando consegui entrar no aplicativo, tinha um pagamento de um boleto que zerou a conta. E o pior é que o aplicativo não mostra detalhes das transações, como o número do boleto. Quando liguei para a Caixa, me informaram que tenho que fazer contestação de movimentação pessoalmente na agência. Mas tenho medo de sair na rua, pois tenho pais idosos.”
Além disso, ela reclamou da segurança do aplicativo e diz que não sabe se receberá a segunda parcela quando cair na conta:
”Não existe nenhuma arquitetura de segurança digital. Dois dias depois que eu consegui o acesso à minha conta, mudaram meu acesso de novo. E a Caixa não avisa que houve uma mudança. Então quando a nova parcela cair, pode ser que eu não consiga entrar na conta.”

Segunda parcela do benefício já disponível para saque

A Caixa já havia feito entre os dias 20 e 26 de maio, o pagamento da segunda parcela do Auxílio Emergencial para os inscritos no CadÚnico e também para os trabalhadores informais, autônomos e MEIs que se cadastraram pelo site e aplicativo. Entretanto, o saque em dinheiro só começou a ser liberado no dia 30 de maio e vai até 13 de junho. Essas são as contas mais visadas pelos criminosos.
A Polícia Federal diz que está trabalhando para prevenir esse tipo de crime referente ao Auxílio Emergencial, inclusive trabalhando junto a outros órgãos. Entretanto, sobre o novo golpe em questão, não a Polícia Federal não quis se manifestar.
Seu Crédito Digital 

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

 

Web Interativa - O portal de notícias da Bahia